Desafios da Tecnologia

Todos os dias somos soterrados de informações sobre as novidades tecnológicas lançadas no mercado.

Qual a função da Tecnologia?

Mas, você já parou para se perguntar qual a função real da tecnologia, e por que ela evolui tão rápido?

O que nós notamos é, muitas vezes, uma sensação de frustração na hora de adquirir um novo gadget. Pois nunca sabemos se estamos adquirindo algo que, literalmente, amanhã já vai estar ultrapassado.

E, convenhamos, se você mora no Brasil SEMPRE vai pagar mais caro pelo mesmo produto quando comparado à um americano, inglês ou japonês…

Porém, não tem como fugir disso, pois a tecnologia tem a função principal de resolver um problema da forma mais simples possível. Só isso!

Mas por que é tão caro?

Na verdade, o preço é relativo e proporcional ao tamanho do problema que ele resolve. Infelizmente, no Brasil, a quantidade de impostos torna qualquer solução muito mais cara.

Mas, pense, se antes você precisava de fichas e encontrar um telefone público para se comunicar com alguém. Víamos filas de pessoas em “orelhões” nas épocas de férias. Imagine quanto você pagaria para fazer a mesma ligação de qualquer lugar, a hora que quisesse?

E por que muda tanto?

Então, pense em uma espiral fractal, onde a cada volta ela fica um pouco menor…

Essa é a analogia perfeita da distância entre o conhecimento necessário para se criar o primeiro telefone celular e, tempos depois, criar um celular com tela de toque e conexão com a internet.

Essa evolução também vai impactar na nossa vida cotidiana, pois o serviço que antes levaríamos um dia para concluirmos, agora conseguimos em uma hora.

Inicialmente a intenção era que utilizássemos o tempo restante em lazer. Mas, você consegue? Quem consegue?

O que ocorreu é que agora realizamos mais tarefas, e as tarefas que antes levávamos uma semana para realizar, hoje as concluímos em um dia.

Isso nos força à necessidade de outras ferramentas para facilitar ainda mais a conclusão dessas tarefas.

Essa nova necessidade por ferramentas cria, no fabricante da ferramenta, uma nova urgência, pois seus clientes acabaram ficando com mais pressa.

Maior a pressa, maior o estresse gerado para sanar esse problema e entregar todas as tarefas que acumulamos.

E quando isso acaba?

Na realidade, isso nunca acaba, o que precisamos levar em consideração é até que ponto é saudável acumular tantas tarefas.

E qual é a real utilidade social de fazermos tanta coisa e tão rápido?

Será que não estamos criando tanta urgência à toa? Sem, realmente, ser necessária tanta “eficiência”?

Isso é algo que a sociedade precisará debater em muito pouco tempo, ou corremos um sério risco de dedicarmos nossa vida a algo que, no fim das contas, foi inútil, e perdermos o que realmente importa na vida. Como um jantar com amigos, ou uma inocente brincadeira de esconde-esconde com nossos filhos.

Então, entendemos que, sem tecnologia, ainda estaríamos vivendo em uma sociedade arcaica e sem graça. Mas, precisamos refletir, Até que ponto a tecnologia nos faz bem, e até que ponto ela nos escraviza…

Uma resposta para “Desafios da Tecnologia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *